Blog

“Lars Ulrich morreu” : O baterista de Metallica vítima de boatos .

20 Jun, 2018

As notícias da morte do baterista de Metallica Lars Ulrich se espalharam rápido no início desta semana, causando preocupação entre fãs do mundo todo. No entanto, o relato de junho de 2018 agora já foi confirmado como sendo um trote total, e apenas o último numa corrente de reportagens falsas sobre a morte de celebridades. Felizmente, o músico dinamarquês está vivo e passa bem.

ATUALIZAÇÃO 20/06/2018 : Esta história parece ser falsa. 

O boato da morte de Lars Ulrich se espalha no Facebook

Boatos do suposto falecimento do músico ganharam força no sábado, depois que uma página “R.I.P. Lars Ulrich” do Facebook atraiu quase um milhão de ‘curtidas’. Quem lesse a seção ‘Sobre’ da página veria um relato crível sobre a morte do músico:

“Às cerca de 11 horas da manhã, no segunda-feira (18 de junho de 2018), nosso querido Lars Ulrich faleceu. Lars nasceu em 26 de dezembro de 1963 em Gentofte. Sentiremos sua falta, mas ele não será esquecido. Por favor, mostre seus pêsames e condolências comentando e curtindo esta página.

Centenas de fãs imediatamente começaram a escrever suas mensagens de pesar na página do Facebook, expressando sua tristeza pelo talentoso músico de 54 anos de idade estar morto. E, como de costume, a Twittersfera ficou frenética com o boato da morte.

Enquanto alguns fãs confiantes acreditaram na publicação, outros ficaram imediatamente desconfiados do relato, talvez tendo aprendido sua lição com a enorme quantidade de falsos relatos de mortes surgindo a respeito de celebridades durante os últimos meses. Alguns salientaram que a notícia não havia sido veiculada em nenhuma rede televisiva dinamarquesa de destaque, indicando que fosse um relato falso, já que a morte de um músico da magnitude de Lars Ulrich seria uma notícia importante em todos os canais.

Uma votação recente realizada para o Celebrity Post mostra que uma grande maioria (75%) dos participantes acha que esses rumores da morte de Lars Ulrich não são mais engraçados.

Boato da morte de Lars Ulrich ignorado, já que o músico está “vivo e bem”

No terça-feira (19 de junho), os representantes do músico confirmaram que Lars Ulrich não estava morto. “Ele entra para a longa lista de celebridades que foram vítimas deste boato. Ele ainda está vivo e passa bem. Pare de acreditar no que você vê na Internet”, eles disseram.

Alguns fãs ficaram com raiva do relato falso, dizendo que foi imprudente, angustiante e nocivo para fãs do tão querido músico. Outros dizem que isto mostra a sua enorme popularidade em todo o planeta.

Fonte;  Mediamass via AMP™.

Já ouviu falar na banda Kaleo ??

05 Jan, 2018

A banda islandesa Kaleo esquentou as terras geladas de seu país de origem e se espalhou para o mundo. Após sucesso em sua terra natal, os caras assinaram com a gravadora Atlantic Records, se mudaram para Austin e estão gravando o próximo disco com o produtor Mike Crossey, do Arctic Monkeys.

Quem: Kaleo, banda de indie pop/rock com influências de folk, country e blues que esquentou as terras geladas de seu país e agora se espalha pelo mundo

De onde vem: Mosfellsbaer, Islandia, país de origem de grandes nomes como Björk e Sigur Rós.

Quem vai gostar: Curtidores de bandas como a londrina Mumford Sons e a Fleet Foxes, de Seattle.

O que já fizeram: Considerados como uma banda de indie pop e rock com influências do folk, tiveram sua primeira aparição pública no Icelandic Airwaves Music Festival, um dos principais festivais da Reykjavik, capital islandesa, em novembro de 2012.

O início da fama surgiu com a música “Vor í Vaglaskógi”, que significa ‘primavera em Vaglaskógur”, região no norte do país do gelo. A música virou Top 10 das rádios islandesas após ter sido introduzida no set da RÚV, a organização pública de rádio e TV do país.

Em 2014, a banda lançou o clipe para o single “All The Pretty Girls”, que já conta com mais de 3 milhões de streamings no Spotify. Apesar de o grupo ter lançado apenas um álbum, homônimo, em 2013, mesmo ano em que lançou o EP Glasshouse, ainda assim, esses trabalhos nos deixam esperançosos do que pode vir no futuro.

kaleo

Por que ouvir: A banda foi considerada uma das 40 bandas a serem ouvidas (40 Bands You Need To Hear) pela Esquire e também chegou ao Top 20 dos catálogos da Triple A Radio. Recentemente assinaram com a Atlantic Records e decidiram se mudar para Austin, no Texas. Agora, estão gravando com o produtor Mike Crossey, do Arctic Monkeys, em Londres.

Por onde começar: Pelo início, com “Vor í Vaglaskógi”. Depois, passe para o famoso single “All The Pretty Girls” e, em seguida, para “Way Down We Go”. Pule para “Broken Bones”, que tem um som mais dançante e, em seguida, para “Rock ‘n’ Roller”, que conta com clara influência de rock’n’roll clássico. Depois, é só escolher as outras faixas e descobrir ainda mais sobre o som dos caras.

Fonte: www.palcoalternativo.com.br

Greatest Hits do Tears For Fears terá duas faixas novas

14 Oct, 2017

Em novembro, a Virgin/EMI lançará outra coletânea dos Tears For Fears, “Rule The World: The Greatest Hits”.

Serão 16 canções, pescadas de todos os álbuns, incluindo duas novas: “I Love You But I’m Lost” e “Stay”. Apesar de haver inúmeras versões das canções presentes na coletânea, a gravadora avisou que não haverá edição de luxo com faixas extras, etc.

1. Everybody Wants To Rule The World – from Songs From The Big Chair (1985)
2. Shout (Edit) – from Songs From The Big Chair (1985)
3. I Love You But I’m Lost (New Track)
4. Mad World – From The Hurting (1983)
5. Sowing The Seeds Of Love – from The Seeds Of Love (1989)
6. Advice For The Young At Heart – from The Seeds Of Love (1989)
7. Head Over Heels – from Songs From The Big Chair (1985)
8. Woman In Chains – from The Seeds Of Love (1989)
9. Change – From The Hurting (1983)
10. Stay (New Track)
11. Pale Shelter – From The Hurting (1983)
12. Mothers Talk (US Version) – Re-recorded US single (1986)
13. Break It Down Again – from Elemental (1993)
14. I Believe – from Songs From The Big Chair (1985)
15. Raoul And The Kings Of Spain – from Raoul And The Kings Of Spain (1996)
16. Closest Thing To Heaven – from Everybody Loves A Happy Ending (2004/5)

Fonte: Roberto Rillo Bíscaro – Whiplash!

Filme “Let’s Play Two” do Pearl Jam será exibido nos cinemas

12 Oct, 2017

“Let’s Play Two”, filme do Pearl Jam será lançado nos cinemas brasileiros no dia 7 de Novembro.

O filme foi gravado durante uma apresentação da banda em Wrigley Field, estádio do Chicago Cubs, time do vocalista Eddie Vedder, e mostra, além do show, imagens exclusivas do backstage da banda.

Pearl Jam já havia divulgado que o documentário passaria nos cinemas de alguns países e em Setembro, lançou a trilha sonora do filme, que você pode ouvir abaixo.

A exibição acontecerá em 14 cidades pelo país.

Vale lembrar que a banda virá ao Brasil no Lollapalooza 2018 que acontece em Março.

Fonte: Wikimetal

Pink Floyd relança “Delicate Sound” em Vinil

12 Oct, 2017

O álbum ao vivo “Delicate Sound Of Thunder”, de 1988, e a compilação “A Collection Of Great Dance Songs”, de 1981, do Pink Floyd serão relançados no dia 17 de novembro, via Pink Floyd Records, e estarão disponíveis em vinil, algo que não acontecia há mais de 20 anos.

O álbum “Delicate Sound Of Thunder” foi gravado em cinco noites de agosto de 1988 no Nassau Coliseum, Long Island, Nova York. A banda estava na turnê do álbum “A Momentary Lapse Of Reason”, lançado um ano antes. São 15 músicas, incluindo “Shine On You Crazy Diamond”, “Learning To Fly”, “Time”, “Wish You Were Here”, “Money”, “Another Brick In The Wall (Part 2)” e “Run Like Hell”.

A compilação “A Collection Of Great Dance Songs” inclui versões editadas e alternativas de alguns clássicos da banda e uma versão regravada de “Money”.

Confira a seguir os tracklists e capas, fielmente reproduzidas, dos relançamentos.

Fonte: Francisco Silva Júnior – Whiplash!

Anunciantes